O que é Hiperparatireoidismo Renal em Cães?

O que é Hiperparatireoidismo Renal em Cães?

O hiperparatireoidismo renal é uma condição endócrina que afeta cães, resultando em um desequilíbrio nos níveis de cálcio e fósforo no organismo. Essa condição ocorre quando as glândulas paratireoides, localizadas no pescoço do animal, produzem um excesso do hormônio paratireoidiano (PTH), responsável por regular os níveis desses minerais no sangue.

Essa doença é mais comum em cães idosos e pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo doença renal crônica, tumores nas glândulas paratireoides ou até mesmo uma predisposição genética. O hiperparatireoidismo renal pode levar a uma série de complicações de saúde, afetando negativamente a qualidade de vida do animal.

Sintomas do Hiperparatireoidismo Renal em Cães

Os sintomas do hiperparatireoidismo renal em cães podem variar, mas alguns sinais comuns incluem:

– Aumento da sede e da micção;

– Perda de peso;

– Fraqueza muscular;

– Desidratação;

– Vômitos e diarreia;

– Letargia;

– Desenvolvimento de cálculos renais;

– Problemas ósseos, como fraturas espontâneas.

É importante observar qualquer mudança no comportamento ou na saúde do seu cão e procurar um veterinário se suspeitar de hiperparatireoidismo renal.

Diagnóstico do Hiperparatireoidismo Renal em Cães

O diagnóstico do hiperparatireoidismo renal em cães envolve uma combinação de exames clínicos, exames de sangue e exames de imagem. O veterinário irá realizar um exame físico completo do animal, procurando por sinais de desidratação, fraqueza muscular e problemas ósseos.

Além disso, serão realizados exames de sangue para verificar os níveis de cálcio e fósforo no organismo do cão, bem como os níveis de PTH. Um aumento nos níveis de cálcio e PTH, juntamente com uma diminuição nos níveis de fósforo, pode indicar hiperparatireoidismo renal.

Em alguns casos, pode ser necessário realizar exames de imagem, como radiografias ou ultrassonografias, para avaliar a saúde das glândulas paratireoides e dos rins.

Tratamento do Hiperparatireoidismo Renal em Cães

O tratamento do hiperparatireoidismo renal em cães geralmente envolve a remoção cirúrgica das glândulas paratireoides afetadas. Essa cirurgia é chamada de paratireoidectomia e deve ser realizada por um veterinário especializado.

Antes da cirurgia, o cão pode precisar de cuidados de suporte, como hidratação intravenosa e medicação para controlar os níveis de cálcio no sangue. Após a cirurgia, o veterinário irá monitorar os níveis de cálcio e PTH do animal para garantir que estejam dentro dos valores normais.

Em alguns casos, quando a cirurgia não é possível ou não é recomendada, o tratamento pode envolver o uso de medicamentos para controlar os níveis de cálcio e fósforo no organismo do cão.

Prevenção do Hiperparatireoidismo Renal em Cães

Infelizmente, não há uma forma específica de prevenir o hiperparatireoidismo renal em cães. No entanto, existem algumas medidas que podem ajudar a reduzir o risco dessa condição:

– Manter uma dieta equilibrada e adequada para o seu cão, com a supervisão de um veterinário;

– Realizar exames de rotina para verificar a saúde dos rins e das glândulas paratireoides;

– Controlar outras condições de saúde, como doença renal crônica, que podem aumentar o risco de hiperparatireoidismo renal.

É importante estar atento aos sinais de alerta e buscar atendimento veterinário imediato se suspeitar de qualquer problema de saúde em seu cão.

Conclusão

O hiperparatireoidismo renal em cães é uma condição endócrina que afeta os níveis de cálcio e fósforo no organismo do animal. É uma doença que pode causar uma série de complicações de saúde, afetando negativamente a qualidade de vida do cão. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são essenciais para garantir o bem-estar do animal. Se você suspeitar de hiperparatireoidismo renal em seu cão, consulte um veterinário para obter um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.

en_USEnglish