O que é Piometra em Cadelas?

O que é Piometra em Cadelas?

A piometra é uma doença uterina que afeta principalmente cadelas não castradas. Ela ocorre devido a uma infecção bacteriana no útero, que causa o acúmulo de pus. Essa condição pode ser extremamente perigosa e até mesmo fatal se não for tratada adequadamente. Neste artigo, vamos explorar em detalhes o que é piometra em cadelas, suas causas, sintomas, diagnóstico e tratamento.

Causas da Piometra em Cadelas

A piometra em cadelas é causada principalmente por alterações hormonais que ocorrem durante o ciclo reprodutivo. Durante o cio, o útero da cadela se prepara para a gravidez, aumentando de tamanho e espessura. Se a cadela não engravidar, o útero volta ao seu estado normal. No entanto, em algumas cadelas, as alterações hormonais podem levar ao acúmulo de fluidos e à proliferação bacteriana, resultando na piometra.

Sintomas da Piometra em Cadelas

Os sintomas da piometra em cadelas podem variar dependendo da fase da doença. Na fase inicial, os sintomas podem ser sutis e facilmente confundidos com outros problemas de saúde. Alguns dos sintomas mais comuns incluem aumento da sede e micção, perda de apetite, letargia, secreção vaginal anormal e aumento do volume abdominal. À medida que a doença progride, os sintomas podem se tornar mais graves, incluindo febre, vômitos, diarreia, fraqueza e desidratação.

Diagnóstico da Piometra em Cadelas

O diagnóstico da piometra em cadelas geralmente é feito com base nos sintomas clínicos e em exames complementares. O veterinário realizará um exame físico completo, incluindo palpação abdominal para verificar o tamanho e a consistência do útero. Além disso, exames de sangue e urina podem ser realizados para avaliar a função renal e identificar possíveis infecções. A ultrassonografia é uma ferramenta diagnóstica importante, pois permite visualizar o útero e identificar a presença de pus.

Tratamento da Piometra em Cadelas

O tratamento da piometra em cadelas depende da gravidade da doença e do estado geral da cadela. Em casos menos graves, quando a cadela está estável e não apresenta complicações, a castração é geralmente recomendada. A remoção do útero é a forma mais eficaz de tratar a piometra e prevenir recorrências. No entanto, em casos mais graves, quando a cadela está desidratada, com infecção generalizada ou outras complicações, pode ser necessário um tratamento mais agressivo, incluindo fluidoterapia, antibióticos intravenosos e suporte intensivo.

Prevenção da Piometra em Cadelas

A prevenção da piometra em cadelas pode ser feita através da castração precoce. A remoção do útero elimina o risco de desenvolvimento da doença, além de prevenir outras condições uterinas, como tumores e infecções. A castração também ajuda a controlar a superpopulação de cães, evitando ninhadas indesejadas. É importante discutir com o veterinário o momento ideal para realizar a castração, levando em consideração a idade e o estado de saúde da cadela.

Complicações da Piometra em Cadelas

A piometra em cadelas pode levar a complicações graves se não for tratada adequadamente. A infecção pode se espalhar para outros órgãos, causando sepse e choque séptico. Além disso, a presença de pus no útero pode levar à ruptura uterina, resultando em peritonite e potencialmente levando à morte. Por isso, é fundamental buscar atendimento veterinário imediato ao observar qualquer sintoma de piometra em uma cadela não castrada.

Conclusão

A piometra em cadelas é uma doença uterina séria que requer atenção veterinária imediata. É importante estar atento aos sintomas e buscar tratamento adequado o mais rápido possível. A castração precoce é a forma mais eficaz de prevenir a piometra e outras condições uterinas. Se você suspeita que sua cadela possa estar com piometra, não hesite em procurar um veterinário para um diagnóstico e tratamento adequados.